Arrow
Arrow
Slider

Motor “perdido” impede presença em Penafiel

O motor do Ford Escort de Eduardo Veiga, a seguir ao Rali Casino de Espinho, foi enviado para Inglaterra. Era necessária uma revisão, face à muita falta de potência, que acusou, nessa prova.

 

 

 

Depois de revisto, e de reparado o problema, o propulsor do Escort foi remetido, através de uma transportadora, para terras lusitanas.
Deveria ter chegado na passada terça-feira, mas ainda hoje não há previsão da sua entrega. Parece que ninguém sabe, por onde ele anda.
Esta situação, mais que caricata, impede que a dupla Eduardo Veiga / Justino Reis, esteja presente amanhã e sábado, no Penafiel Racing Fest.
“É com muita pena nossa que não podemos participar nesta espetacular iniciativa, que se realiza em Penafiel. Temos de pedir desculpa a todos, mas as circunstâncias ultrapassaram-nos. Além de gostarmos de participar, também a prova serviria de teste, quanto ao Rali Vidreiro. É pena que isto esteja a acontecer e que uma transportadora não nos consiga informar quanto à data em que o motor nos será entregue”, referiu Eduardo Veiga, um pouco agastado com toda esta situação. Tristes, também, vão ficar os muitos fãs do piloto de Águeda, por não verem o seu ídolo por estradas penafidelenses.
A próxima prova em que a dupla do Escort vai estar presente, é o Rali Vidreiro, que se disputa dias 9 e 10 deste mês de junho.